marcelo santos

Sunday, September 03, 2006

o papel da dúvida para produção e evolução da ciência

Qual o papel da dúvida para produção e evolução da ciência?
Segundo o texto "Temas da ciência", o conhecimento científico submete-se a um processo de produção cuja dinâmica envolve transformações na compreensão do comportamento da natureza que impedem esse conhecimento de ser caracterizado como pronto, verdadeiro e acabado, mesmo que as teorias produzidas constituam verdades históricas que têm fundamentado o homem de ciência para uma explicação dos fenômenos. A história da ciência claramente mostra que teorias científicas não permanecem eternamente inalteradas, não são verdades absolutas. Em lugar disso, elas funcionam por agum tempo até que sejam descobertos novos fatos que não se encaixem nas teorias estabelecidas, e então novas teorias serão propostas e acabando por substituir as antigas, parcialmente ou completamente. É justamente,papel da dúvida, questionar teorias que muitas vezes não se encaixam mais com o contexto atual.Todo questionamento deve ser levado em consideração,sendo feito posteriormente uma análise para checar se aquela informação é válida,sendo possível a partir daí, a reformulação de algumas teorias já constituidas.Portanto,a dúvida surge da inquietação. Podemos citar como exemplo a recente descoberta de que o planeta Plutão perdeu o status de planeta.O nosso sistema solar agora fica com oito planetas e Plutão não será mais definido como um planeta porque os mais de 2500 especialistas de 75 países reconheceram, de forma unânime que se cometeu um erro quando deu a Plutão a categoria de planeta em 1930. Plutão localiza-se no Cinturão de Kuiper, onde recentemente foram descobertos outros “planetas anões” como Sedna e Xena. Para os apoiadores da decisão , se Plutão continuasse a ser considerado um planeta em breve teríamos o dobro de planetas no Sistema Solar, o que criaria uma grande confusão. A comunidade científica estabeleceu na capital Tcheca que, para ser um planeta o astro precisa ser dominante em sua zona orbital, o que não ocorre com Plutão. Outro ponto contrário é a forma pouco convencional da órbita de Plutão cuja inclinação não é paralela à da terra e a dos outros sete planetas do sistema solar.

11 Comments:

  • Marcelo, realmente vc foi muito feliz na sua abordagem. Espero logo podermos oficializar nossa situação.

    By Blogger Patricia Marinho, at 1:48 PM  

  • olá, Marcelo creio que as dúvidas são o meio de partida para o aprendizado,pois é através do questionamento que conseguimos ampliar nossos conhecimento

    By Blogger adila, at 1:52 PM  

  • De maneira que a ciência sempre estar em processo de desenvolvimento os questionamendos são de extrema importância,é o primeiro passo para acompanhar o constante processo de transformação da ciência

    By Blogger adila, at 1:53 PM  

  • disse...

    Concordo contigo Marcelo, até porque acredito que só descobrimos o novo se buscarmos respostas aos questionamentos gerados pelas dúvidas. Com relação à evolução científica, são essas respostas que vão contruindo o saber, sempre de maneira dinâmica, como num ciclo evolutivo e infinito. O homem vive em constante aprendizado.

    1:58 PM

    By Blogger Monica Castro, at 2:06 PM  

  • Vemos que a ciência está em constante evolução, em razão disso o papel da dúvida vem somente para instigar na busca de novas descobertas.Mirian e Adriana

    By Blogger mirian, at 2:13 PM  

  • É possível concluir que o produto ciêtifico é semi acabado, o que é verdade hoje poderá não ser amanhã...

    By Blogger rosi, at 2:19 PM  

  • a dúvida é o objeto da ciência. todo raciocínio científico é baseado na dúvida só a dúvida é capaz de produzir respostas. quando se duvida cria-se caminhos e teorias para que respostas sejam obtidas. parabéns colega.

    josé reis

    By Blogger alkhimia, at 2:29 PM  

  • This comment has been removed by a blog administrator.

    By Blogger Andreia, at 2:32 PM  

  • Marcelo, eu tinha procurado no blogger de Juliana e não pude dar minha opinião.Assim darei agora.è possível afirmar que a dúvida venha a surgir da inquietação e o questionamento é sempre válido.À qual mostra claramente a história da ciência.

    By Blogger Zilma Fragoso, at 7:16 PM  

  • Com certeza, o conhecimento científico não deve ser considerado como algo acabado, pronto. Por isso, o papel da dúvida é para se chegar a uma solução, e é uma forma de valorizar o senso crítico do aluno.

    Andreia e Tatiana

    By Blogger Andreia, at 9:34 AM  

  • Concordo plenamente,com sua abordagem. E sei que com seu pensamento você sempre tentará aguçar as inquietações dos seus alunos, para quem sabe não surgir um novo cientista.

    By Blogger Rose, at 7:48 PM  

Post a Comment

<< Home